Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.

Poker: Cinco dicas para afastar o estigma do "Tilt" do seu jogo!

Poker: Cinco dicas para afastar o estigma do "Tilt" do seu jogo!
"A maioria dos jogadores de póquer pode tomar uma série de medidas que os pode ajudar a domar o monstro do tilt e deixar a sua banca e sanidade intactos."
por Andrelot   |   comentários 0

Os jogadores de póquer fazem "tilt" de muitas formas. Alguns gastam fichas como se não houvesse amanhã, enquanto outros enterram a cabeça na areia e jogam um estilo passivo e sem lucros. Independentemente do que fazes quando entras em tilt, perdes dinheiro. O custo imediato pode não ser evidente, mas o tilt vai acabar por gastar a tua banca e deixar-te nas lonas.
 
Eu diria que é impossível erradicar completamente o tilt para a maioria das pessoas. No entanto, acho que a maioria dos jogadores de póquer podem tomar uma série de medidas que os podem ajudar a domar o monstro do tilt e deixar a sua banca e sanidade intactos.
 
Joga dentro dos limites da tua banca
 
Como a palavra "banca" já foi mencionada duas vezes, achei que a primeira dica devia ser sobre a gestão da banca. Tirando a falta de jeito, a má gestão de banca é a principal razão de um jogador de póquer ficar sem dinheiro e, quando não há dinheiro, não se pode jogar póquer. Isto não é bom.
 
Independentemente de quanto estás a jogar e de te especializares em jogos a dinheiro ou em torneios de póquer, precisas de ter uma boa gestão da tua banca. Isto significa jogar com uma pequena percentagem do teu dinheiro disponível em cada jogo para que, quando inevitavelmente perderes, essa perda não te expulse do jogo.
Há por aí muita informação sobre a gestão de banca, mas deves adaptá-la às tuas circunstâncias.
 
Pessoalmente, prefiro ter uma banca grande quando comparado com o dinheiro que estou a jogar. Ter uma grande almofada ajuda-me a enfrentar as mudanças das variações no póquer. Por exemplo, estou actualmente a meio de um buy-in de 65 downswing no MTTSNG, mas tenho 650 buy-ins ao meu dispor, por isso entrar na bancarrota não me preocupa e permite-te estar relativamente calmo, sem tilt.
 
Joga contra os jogadores sobre os quais tens uma vantagem
 
Não há lugar para o ego numa mesa de póquer. Às vezes tens de admitir que há jogadores que são melhores que tu e, normalmente, tens de evitá-los. Não vale a pena seres o sexto melhor jogador de póquer no mundo, se te sentares à mesa com os cinco melhores. Vais perder e o póquer é stressante e aborrecido quando se perde.
 
Na maioria das vezes, deves jogar em jogos em que tenhas uma vantagem clara e marcada, em que possas exercer pressão, porque é assim que vais ganhar dinheiro. Não quer dizer que não devas participar em jogos difíceis, longe disso, porque jogar contra grandes jogadores vai acabar por melhorar o teu jogo, mas para teres um período menos tenso na mesa, assegura-te que estás rodeado pelo máximo número possível de jogadores fracos.
 
Acaba com as distracções
 
Eu jogo póquer na minha sala, no meu portátil, com a televisão ligada. Isto é mau e ao longo dos últimos dois ou três meses fez provavelmente com que me enganasse a clicar uma dúzia de vezes ou a apressar um sem número de decisões porque não segui a acção convenientemente.
 
É tão fácil sentarmo-nos a jogar em várias mesas e navegar na internet ao mesmo tempo. Quando estás a jogar póquer concentra-te apenas em jogar póquer. Se for preciso, tem um computador só para jogares póquer que não tenha mais nada instalado.
Quanto mais te concentrares no póquer, menos probabilidades tens de cometer erros, e quantos menos erros cometeres, menos vais fazer tilt.
 
Compreende que sem azar o jogo não seria rentável
 
É frequente ouvir jogadores maldizerem a sua sorte e como os sites de póquer online recompensam o mau jogo. Esta última parte não acontece, mas às vezes parece que sim, quando o Sr. Silva faz call ao teu all-in só por palpite e dá cabo do teu jogo pela 25ª vez esta semana!
 
Quando tens de enfrentar uma maré de azar, lembra-te que, se não fossem os maus jogadores terem sorte de vez em quando, iam à falência e deixavam o jogo. Quando todos os maus jogadores se vão embora, ficas com os verdadeiros vencedores e esta não é uma situação em que vás ganhar muito dinheiro, pois não?
 
Pára de controlar o teu PokerTracker / Saldo
 
Esta é uma área em que ainda sou novato. Tenho de saber quanto é que estou a ganhar e a perder numa sessão, tenho mesmo de saber.
O problema de estares permanentemente a controlar os teus números é que eles não significam quase nada no curto prazo, mas mesmo assim podem ter um efeito enorme no teu jogo. Se controlares os teus números e descobrires que estás com 15 buy-ins de lucro, então fazes más escolhas para preservar o teu lucro. No outro lado da moeda, se estiveres num buraco então começas a correr riscos para reduzires as tuas perdas. Nenhum dos cenários é favorável para um jogador de póquer.
 
Se estiveres a participar em jogos rentáveis e dentro dos teus valores de banca, não estiveres a maldizer a tua sorte e te concentrares na tarefa que tens em mãos, então não vais ter tempo para controlar o teu saldo ou as tuas estatísticas do PokerTracker.
 
Boa sorte na mesa!

Partilhar "Poker: Cinco dicas para afastar o estigma do "Tilt" do seu jogo!" via:

 
p