Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.

Golos no último minuto

Golos no último minuto
Crónica de Paulo Rebelo na Revista Penthouse Portugal de Maio de 2012
"Haverá sensação mais poderosa do que uma descarga massiva de adrenalina com o golo marcado no último minuto?"
por Paulo Rebelo   |   comentários 0

Uma coisa garanto: são os jogos que nunca mais esquecerão. O número de jogos com que trabalhei anda na casa dos milhares mas lembro-me muito bem dos jogos em que o golo no último minuto veio dar razão à minha leitura do desafio.

Também já sucedeu o oposto... A equipa relaxar e no fim (normalmente num remate que bate em dois defesas antes de entrar) sofre um golo que arruína o trabalho de um jogo inteiro. Mas, salvo análise para emendar eventuais erros da nossa parte, esses são para esquecer.

Os golos no último minuto levantam uma questão: a aposta ganha no último minuto é considerada sorte ou não?

Do meu ponto de vista a resposta é: depende do jogo, mas não depende em nada do facto de ter sido marcado o no último minuto. Isto é, se apostarmos que o Benfica ia ganhar e os encarnados dominam o jogo, criam lances de perigo, enviam duas bolas ao poste, falham um penálti e só marcam no último lance do jogo, então a aposta foi bem feita e não tivemos sorte. Seria azar se o Benfica não ganhasse.

Um conselho: atenção que os golos em período de desconto não são tão invulgares quanto isso, e frequentemente é possível encontrar oportunidades para apostar com valor. No entanto devemos estar conscientes que o mais provável é o resultado não se alterar, mas quando acontecer, se estivermos do lado certo, podemos obter ganhos relativamente elevados.

Apostar num jogo faz com que a nossa emoção como espectador aumente e um golo no último minuto eleva esse momento à categoria de inesquecível.

O golo mais épico é aquele que é marcado pelo guarda-redes, que sobe no último lance do encontro na sequência de um canto e de olhos fechados a cabecear a bola. Ainda na sequência de o guarda-redes subir, também há o caso em que, falhado o golo, a equipa que defendia fazer um contra-ataque sem o guarda-redes na sua área e conseguir marcar um golo que normalmente acaba com a boa a entrar devagar na baliza e dá-nos como vencedora a aposta que tínhamos feito em relação ao número de golos no encontro.

Para o fim, o maior pesadelo de um apostador: penálti no último minuto! Não há coração que aguente.

Até que o homem marque a penalidade assistimos a pedidos de clemência ao árbitro, uma chuva de cartões, correrias de ida e volta à linha para pedir ao árbitro auxiliar que interceda, mãos na cabeça, o treinador a ser mandado para dentro da sua área pelo quarto árbitro, etc. Parece que se esquecem que há gente a apostar no jogo e que se encontram pendentes que se marque o penálti!

O que fazer até que o jogador marque a falta? Confesso que já fiz de tudo, mas, de todas as opções, nenhuma envolve manter-me sentado.


golos-no-ultimo-minuto



, ,

Partilhar "Golos no último minuto" via: